Cartão das vantagens



“Preciso ler meu Cartão das Vantagens pelo menos duas vezes ao dia se quiser resistir às tentações. Isso levará apenas alguns segundos, nada demais. Posso não estar precisando dele psicologicamente hoje, mas precisarei mais tarde.
Tenho de concretizar essas razões em minha mente para quando a dieta ficar difícil”.


Terei uma aparência melhor
Poderei usar roupas de numeração menor
Poderei usar roupas de mais estilo
Serei mais saudável
Irei me sentir melhor fisicamente
Terei mais energia
Gostarei mais de mim
Sentirei que tenho controle
Sentirei que conquistei algo importante
Sentirei-me mais autoconfiante
Aumentarei minha auto-estima
Tirarei mais fotos
Usarei minha calça preferida
Ficarei mais linda
Ficarei mais feliz ao me olhar no espelho
Caber nas minhas roupas antigas.
Me olhar no espelho sem me sentir mal
Não escutar todo mundo dizendo que engordei
Não precisar usar roupas folgadas demais
Sentir-me bem quando recusar uma refeição não planejada.
Receber elogios por estar mais magra.
Comprarei mais roupas
Encontrarei mais roupas que caibam em mim

Cartões de Enfrentamento



“Paciência, eu gostaria de comer agora, mas tudo bem, eu posso esperar”.

Monitorar minha alimentação me ajuda  a permanecer responsável pelo que realmente como.
Se eu notar qualquer resistência de minha parte para anotar meu Planejamento de amanhã, devo me lembrar que: 
-> Vou precisar dele quando minha motivação diminuir. 
-> Não estou conseguindo aderir à dieta sem o planejamento. 
-> Levarei apenas 3 minutos no máximo. 
-> Eu realmente quero emagrecer por causa de todas aquelas vantagens


Não Tenho Escolha

Quando eu me sentir ansiosa sobre alimentos extras que estão em meu prato, devo lembrar-me que, sempre que pensar em comê-los, posso usar as técnicas antidesejos que aprendi.
Se não consegue fazer uma caminhada, quase apressadamente, depois da refeição, significa que você comeu em exagero e talvez tenha uma definição irrealista de saciedade


Não Está Certo
Não está certo comer qualquer tipo de comida se ela não está no planejamento.
Estou apenas tentando me enganar. Cada vez que eu como algo que não devo, fortaleço meu músculo de desistência e enfraqueço o de resistência.
Posso até me sentir bem logo após comer, mas vou me sentir mal depois.
Se eu desejo emagrecer e nunca mais voltar a engordar, eu, absolutamente, preciso parar de me iludir.


Volte aos Trilhos
“Se eu comer o que não devo, ainda assim não terei estragado tudo.
Isso não é o fim do mundo.
Eu posso retomar meu planejamento alimentar neste minuto.
Só porque cometi um erro, não significa que tenho que continuar comendo.
Isso não faz sentido.
É milhões de vezes melhor parar agora do que me dar permissão para comer mais”.

“Quando me parecer injusto não poder comer alguma coisa, reconhecer que estou certa. Então, me perguntar: Que injustiça eu devo escolher: não poder comer isto ou não emagrecer? Então, responder: ‘Paciência’ e ir em frente”.




2 comentários:

Maria Valentina disse...

Olá menina!

Passei para agradecer a visita e retribuir o carinho.
Vc está lendo e fazendo os exercícios do LIVRO PENSE MAGRO? COMECEI A LER.. BJS VOU TE SEGUIR TBÉM!
uM FELIZ DIAS DAS MÃES!!!

Isana Borges disse...

Excelente seu cartão de vantagens!!!
Também tenho um... dá uma força danada pra gente né?
bjs