10 de fevereiro de 2012

Projeto Pense Magro dia 37/42. 10/02/2012


E aí gente como estão todas? Preparadas para um final de semana sem jacadas??? Minha semana foi produtiva em relação a isso. Não cheguei a jacar e espero passar o final de semana ilesa a isso também. Esse livro parece que sabe o que eu estou passando, hoje passei por uma situação estressante e olha só o título da tarefa de hoje. coincidência??? Não!!!Providência divina. Estava agorinha ali na cozinha prestes a detonar uma lata de leite condensado pra fazer brigadeiro, quando decidi vir postar logo a tarefa de hoje.

TRÊS PASSOS PARA REDUZIR O NÍVEL DE ESTRESSE

Passo 1: Resolva o Problema

Passo 2: Relaxe
O estresse crônico pode deixar seu corpo tenso.
Considere usar um áudio que ensine técnicas de relaxamento, como por exemplo: relaxamento muscular progressivo ou imagem guiada. A respiração lenta e controlada, como eu já expliquei anteriormente (dia 13), também pode ajudar.

Passo 3: Mude seus conceitos
Muitas pessoas são cronicamente estressadas porque permitem que seus comportamentos sejam guiados por regras irracionais.
Essas regras, normalmente, contém a palavra “deveria” ou “não deveria”.
Alguma delas lhe parece familiar?
Deveria sempre dar o melhor de mim.
Deveria sempre prever os problemas que estão por acontecer.
Não deveria contar com os outros.
Não deveria decepcionar as pessoas.
Não deveria fazer as pessoas infelizes.

Será que em algum momento eu estive conversando com a Dra Beck pra ela saber tanto sobre mim assim? Esses pensamentos sempre passam pela minha cabeça, sou muito exigente comigo mesma.



Para reduzir o estresse, você precisa trocar suas regras. Veja como:
 Identifique suas regras. Seus "deverias" e "não deverias" aparecem sempre que você procura resolver um problema. Se suas regras forem demasiadamente rígidas, você acaba descartando soluções razoáveis.

 Flexibilize suas regras pessoais. Use as seguintes sugestões para mudá-las:
 Pense em uma pessoa que tem padrões menos exigentes. Quais as regras que ela costuma seguir?
 Considere se você deseja que a pessoa que você ama viva sob uma regra específica. Você imagina o estresse que isso pode causar? Que regras seria melhor que eles tivessem para si próprios?
 Pense nas vantagens de modificar suas regras.
 Procure não usar as palavras sempre e nunca em suas regras... Substitua pela palavra razoável.
De: “Eu deveria sempre dar o meu melhor”.
Para: “Eu deveria tentar fazer um trabalho razoável na maior parte do tempo”.
 Flexibilize as regras que você tem para os outros.
Se as expectativas que você tem para as outras pessoas forem irracionais, seu nível de estresse pode aumentar. Por exemplo, você acredita que:
... As outras pessoas deveriam ser sempre perfeitas?
... As outras pessoas deveriam ser capazes de ler sua mente?
... As outras pessoas deveriam ser sempre agradecidas?
... As outras pessoas não deveriam fazer você infeliz?
... As outras pessoas não deveriam ser injustas com você?
... As outras pessoas nunca deveriam lhe entender mal?


Para flexibilizar as regras que você tem para as outras pessoas, faça o seguinte:

 Reconheça que você não tem controle - ou muito controle - sobre as outras pessoas. A única pessoa que pode ser controlada por você é você mesmo. É possível mudar o que você pensa e o que você faz, mas não é necessariamente possível, mudar as outras pessoas.
 Pense em alguém que você admira e cujas idéias a respeito de como os outros deveriam ser são mais flexíveis que as suas. Que regra essas pessoas tem?
 Pense nas vantagens de mudar suas regras.
 Tente descartar as palavras sempre e nunca de suas regras.
 Mude de "deveria" ou "não deveria" para "É realista esperar que...”
As outras pessoas deveriam ser sempre perfeitas torna-se “É real esperar que as pessoas cometam erros”.
As outras pessoas deveriam adivinhar o que penso torna-se “É realista esperar que as outras pessoas não saibam o que eu quero, a menos que eu fale para elas”.
As outras pessoas deveriam ser sempre agradecidas torna-se “É realista esperar que nem todas as pessoas serão agradecidas como eu gostaria que fossem”.

QUANDO EU TOMAR MEDIDAS PARA REDUZIR MEU ESTRESSE, FAZER DIETA SERÁ MAIS FÁCIL.






5 comentários:

, a futura Diva disse...

realmente o stress alto gera ansiedade, q nos leva a jacar. . .mais tb tenho aprendido a controlar tudo isso . . .

Adorei a kra novo do blog ^^'


Uma amiga minha começou na luta como nós. .. Se puder, dá uma força p ela. >> http://meu-equilibrio.blogspot.com/
Obrigada

beeijinhoos Gatona

Sonhando os sonhos de Deus disse...

dietinha indo de vento em polpa...
passando pra dar um oi...
obrigada por me visitar sempre e pelo selinho...
beijus

Ana Paula disse...

Que legaaaaal!
Veio na hora esse capítulo, hein?!
Muito bom!
Fico feliz pela semana linda e tenho certeza de que o findi será tbm!
Bjks!

Nanda Emagrecendo com Jesus disse...

É verdade né o estresse.. acaba com qualquer dieta...

A teimosa disse...

Oi Karla.. ai como eu keria me livrar do stress.. mas ele não se livra de mim.. sempre empaco no primeiro item... RESOLVER O PROBLEMA....mas bóra arrumar meios pra isso né.. bjokas